06 dicas de administração financeira em tempos de crise.

7 minutos

Em meio a pandemia do coronavírus, os empreendedores estão buscando formas cada vez mais eficazes para administrar as finanças da empresa. As mudanças geradas por esse momento foram grandes, desde a redução do movimento de clientes, queda da produção, interferência no faturamento e, até mesmo, as relacionadas ao ambiente de trabalho dos colaboradores, que, em muitos casos, se tornaram suas próprias casas.

Um bom plano de gestão empresarial faz com que os profissionais saibam conduzir o negócio nesses períodos de crises sem que desperdícios e prejuízos se acumulem. O responsável financeiro deve tomar decisões precisas com base em números e argumentos, tendo em mente a avaliação dos cortes de gastos e redefinição das metas de acordo com o período.

Replanejar o destino da sua empresa é importante para esse momento que vivemos. Separamos algumas dicas de administração financeira para ajudar em tempos de crise:

  • Faça um planejamento:

Uma boa administração vem junto com um bom planejamento, por isso, realize um planejamento financeiro em cima dos seus gastos, despesas e receitas. Quando se administra é necessário tomar decisões baseadas em dados reais.

  • Busque formas alternativas de faturamento:

Se o seu negócio permite vendas online, invista! O empreendedor pode aumentar o seu faturamento fazendo promoções de produtos que estão em estoque, disponibilizar entrega, diversificar as formas de pagamentos, além de investir no marketing digital dos seus produtos.

  • Prospecte novos clientes:

Crises são gatilhos para novos desafios, o fato é que muitos concorrentes estão desacelerando nesse período. Por isso, essa pode ser uma oportunidade para sua empresa prospectar novos consumidores e analisar novos clientes em potencial para atuar em novos nichos de mercado.

  • Analise a necessidade de corte de gastos:

Faça um mapeamento de gastos na empresa para compreender para onde cada centavo é destinado. Liste todos os investimentos, contratações, manutenção da empresa, produção e tudo que achar necessário.

Nesse cenário, é necessário prezar pelo equilíbrio das contas e toda possibilidade de economia é mais que bem-vinda para enxugar o orçamento empresarial. Por isso, defina o que realmente não é essencial para o negócio, podendo até ser itens simples do dia a dia como: copo descartável, papel e material de escritório podem ser reduzidos.

  • Cuide dos seus colaboradores:

A administração financeira depende de todos, então, reúna os seus colaboradores e informe todos os acontecimentos com a máxima clareza. É comum que os colaboradores estejam nervosos e desmotivados diante do atual momento em que vivemos.

Todos estão com receios, mas com uma boa administração e com a ajuda do RH para manter a produtividade, a motivação e o engajamento dos colaboradores em alta.  

  • Inove a maneira de como os seus colaboradores vão ao trabalho:

Em momentos de crise como o que estamos vivendo, a redução de custos é sempre uma alternativa muito recorrente em empresas de diversos segmentos e portes. Recorrer a terceirização, especialmente de serviços como o transporte fretado, pode ser uma boa opção para continuar oferecendo um serviço de extrema qualidade, por um preço justo e flexível de acordo com a demanda.

A BusUp é uma plataforma tecnológica de outsourcing de fretamento que oferece soluções de transporte corporativo na medida, por meio do mapeamento das necessidades de transporte para garantir a melhor opção aos seus colaboradores com o menor custo possível para a sua empresa.

Com o know how e tecnologia para a otimização e gestão de serviços de transporte por fretamento compartilhado, aliado a vários fatores de planejamento, a BusUp consegue propor soluções que promovem a redução de custo em transporte dos colaboradores da sua empresa em até 40%.

Quer economizar? Que tal começar pelo transporte dos seus colaboradores?

Saiba mais. Embarque nessa inovação, vá de BusUp.
Acesse: www.busup.com.br ou ligue (11) 4552-6462.

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog