É fundamental que as empresas levem em consideração os aspectos relacionados à sustentabilidade ao desenvolverem programas de inovação.

Inovação sustentável: como as empresas podem entrar nessa nova tendência

12 minutos

Hoje não basta sair à frente dos concorrentes. É fundamental inovar, mas de forma sustentável. Saiba como.

Sustentabilidade é a palavra do momento, seja por conta da crise climática ou pela divulgação de falhas de governança corporativa de grandes empresas. As companhias de capital aberto já estão atentas aos problemas que podem ocorrer quando se abre mão dos critérios de sustentabilidade ao planejar o crescimento. Por isso, hoje em dia a inovação sustentável tem sido uma pauta cada vez mais discutida.

Segundo relatório da XP Investimentos, os investimentos com foco em ASG (Ambiental, Social e Governança) já reúnem mais de US$ 30 trilhões em ativos sob gestão no mundo. Ou seja, a tendência para os próximos anos é que as empresas que deixarem de lado a inovação sustentável receberão menos investimentos.

Como saber, então, se sua empresa está preparada para estes desafios? Neste artigo, será mostrado como se adaptar às exigências de um mercado cada vez mais atento aos impactos da inovação sustentável.

New Call-to-action
É fundamental que as empresas levem em consideração os aspectos relacionados à inovação sustentável ao desenvolverem seus programas de melhoria.
É fundamental que as empresas levem em consideração os aspectos relacionados à sustentabilidade ao desenvolverem programas de inovação.

O que é inovação sustentável e o que as empresas perdem ao não aderir?

A inovação sustentável é uma maneira de criar produtos e serviços disruptivos, levando em conta seus impactos no meio ambiente. Ou seja, trata-se de criar soluções inovadoras sem exaurir os recursos naturais nem degradar as relações sociais.

O conceito está ligado a novas tecnologias, mas não se restringe a elas: engloba também produtos e até mesmo mercados e modelos de negócios inéditos. Ao associar a sustentabilidade à busca por novas soluções, são estabelecidas práticas realmente inovadoras.

O que sua empresa pode ganhar ao inovar com sustentabilidade

A inovação sustentável já é uma necessidade das empresas. Os ganhos de reputação, por exemplo, são inegáveis e têm reflexos até nos resultados financeiros. Isso porque empresas ambientalmente conscientes apresentam impacto direto na decisão final do consumidor. Pesquisa publicada pela Forbes indica que 81% dos millenials esperam das marcas uma postura de cidadania corporativa. A fidelização de um cliente satisfeito com o posicionamento de sua marca pode gerar um engajamento único. 

Além disso, também aumenta a visibilidade junto a investidores, que não querem mais alocar recursos em empresas que adotam práticas ultrapassadas. E sem receber recursos financeiros, torna-se mais difícil manter a competitividade em um mercado cada vez mais exigente.

Como resolver os desafios da inovação sustentável

Uma estratégia de inovação sustentável deve ter um caráter realmente disruptivo, já  que se propõe a buscar novas formas de lidar com os recursos finitos do planeta. Por isso, ao desenvolver programas de incentivo à inovação em sua empresa, é importante lembrar dos seguintes aspectos:

Ambiental

Ao desenvolver novos produtos e serviços, considere ações que reduzam o consumo de energia e água e a emissão de poluentes. Além disso, reavalie os processos envolvidos na produção: incentive a preservação da biodiversidade e adote planos de contingência anti-desastre. Com esse objetivo, a Basf reduziu em 58% o consumo de água por tonelada de químicos produzidos na América do Sul entre 2002 e 2020.

Social

Crie um ambiente que favoreça a inovação, mas leve em conta a valorização do capital humano da companhia. Não adianta oferecer produtos e serviços disruptivos sem promover o bem-estar dos funcionários. Pense também na responsabilidade social da sua empresa, especialmente em relação às comunidades afetadas pelo negócio. É o que faz a Natura, cuja atuação na Amazônia inclui pilares como o enfrentamento da crise climática e a proteção da floresta

No caso dos aspectos ambientais, vale apostar em soluções testadas e reconhecidas:

Adoção de tecnologias limpas

São considerados “limpos” os processos industriais que reduzem emissão de poluentes e/ou o consumo de matérias primas e energia no ciclo produtivo. Isso pode incluir reciclagem de materiais, redução da emissão de gases, reflorestamento de áreas degradadas e outros. A foodtech iFood anunciou um programa de impacto ambiental positivo que inclui o investimento em veículos elétricos para compensar as emissões de carbono das motos usadas nas entregas. 

Gestão de resíduos

A reciclagem, embora seja importante, não é suficiente para resolver os problemas ambientais gerados pela produção e consumo, principalmente de plásticos e outros materiais de degradação lenta. Por isso, o desafio hoje está na gestão inteligente de resíduos e na tentativa de estabelecer uma economia circular, em que os materiais não sejam descartados, mas reutilizados sempre que possível. As cervejarias da Ambev, por exemplo, têm mais de 99% de taxas de reciclagem interna.

Incentivo à eficiência energética

A crise energética é tanto causa quanto consequência da crise ambiental. Por isso, a busca pelo uso inovador de fontes renováveis deve ser um dos pilares da inovação sustentável. O tema é tão importante que faz parte dos objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU para 2030.

Inovação sustentável: questão de sobrevivência

As empresas que verdadeiramente investem em inovação precisam, o quanto antes, incorporar as questões de sustentabilidade em sua cultura organizacional. Para isso, é necessário buscar alternativas criativas, ambientalmente viáveis e socialmente responsáveis. Mais que uma tendência, a inovação sustentável vem se tornando uma estratégia de sobrevivência, não só dos negócios mas também do planeta.

Somos a BusUp. Transporte inteligente para sua empresa economizar até 40% com fretamento.

Gostou? Entre em contato com nossa equipe para mais informações. Calculou, economizou, mudou para a BusUp.

New Call-to-action

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog