Transporte de colaboradores. Qual tem o melhor custo X benefício para minha empresa?

9 minutos

A busca por serviços e soluções que proporcionam a melhor relação entre custo e benefício é uma realidade frequente para muitas empresas. Isso também está diretamente atrelado a otimização de recursos e redução de custos, buscando novos métodos para gerar economia.  

O transporte dos colaboradores é uma despesa fixa mensal para a empresa, mas também um benefício essencial. Uma empresa pode ter colaboradores residindo em vários pontos de uma mesma cidade ou até mesmo em cidades vizinhas. Por isso, é necessário avaliar cada opção de transporte e identificar qual se enquadra melhor para ambas as partes.

De acordo com uma pesquisa realizada pela WRI Brasil, 50% das locomoções das pessoas todos os dias são feitas por motivo de trabalho. Essa informação reforça a responsabilidade das empresas para promoverem um transporte de qualidade para os colaboradores que gere uma relação positiva de custo X benefício e também contribua com o meio ambiente.

Outro estudo realizado pela WRI Brasil Cidades Sustentáveis, mostrou que os custos relacionados ao transporte dos colaboradores podem ser reduzidos em até 40%, sendo que, na cidade de São Paulo, há mais de 06 milhões de carros, o que impacta diretamente nos congestionamentos nos tradicionais horários de “pico”.  

Para garantir um deslocamento para o trabalho mais seguro e de qualidade, é importante que o profissional a frente do RH análise a necessidade de deslocamento dos seus colaboradores para uma solução de transporte ideal. Você sabe quais as opções de transportes disponíveis para o seu colaborador ir e voltar do trabalho? Existe um transporte que pode ser adequado para a sua empresa, veja a listagem:

Vale Transporte | Transporte público coletivo 

O vale-transporte, ou VT, é um dos principais benefícios ao trabalhador, sendo amplamente oferecido pelas empresas brasileiras e seu pagamento é garantido pela legislação trabalhista.

O vale-transporte é um benefício em que o empregador antecipa o valor gasto com transporte para que o trabalhador se desloque de sua residência para o local de trabalho e vice-versa. Foi a Lei n.º 7.418 que instituiu o vale-transporte, porém, ele não era obrigatório. Com a alteração da Lei n.º 7.619, de 30 de setembro de 1987, tornou-se obrigatório a empresa custear o transporte do empregado.

Hoje, uma das opções mais utilizadas pelas empresas quando se fala em transporte é o vale transporte. Após entrega de todos os documentos para o departamento pessoal, é feito um levantamento de quanto vales-transportes ele irá precisar para realizar o deslocamento até o trabalho, e a empresa deve fornecer a quantidade suficiente para que o seu colaborador vá e volte todos os dias trabalhados.

Transporte individual | Carros, Motos e outros veículos

 Há colaboradores que preferem ir e voltar do trabalho com seus próprios veículos todos os dias. Nesse cenário, surge como mais uma opção o vale combustível como um suporte da empresa nesse deslocamento.

A escolha da troca do vale transporte pelo tradicional vale combustível é uma decisão que deve partir do colaborador, mediante sua análise de custo extras, como: custos com estacionamento, combustível, manutenção do veículo e outros gastos pontuais, além da viabilidade e do tempo de locomoção.

Fretamento | Ônibus fretado

O ônibus fretado é uma excelente opção para colaboradores que moram a uma média-longa distância da empresa na qual trabalham.

Essa opção de transporte de colaboradores é muito efetiva, pois, durante todo o trajeto, o colaborador pode se dedicar a outras atividades, como descansar, ler um livro, assistir um documentário, uma série ou até mesmo descansar, gerando assim, mais qualidade de vida e disposição para as suas atividades no trabalho.

Além do viés de qualidade de vida para os colaboradores, há a vantagem quanto a sustentabilidade e contribuição para a redução de emissão de gases poluentes na atmosfera. Segundo dados Instituto de Energia e Meio Ambiente (Iema), publicados no Inventário de Emissões Atmosféricas do Transporte Rodoviário de Passageiros no Município de São Paulo, os carros de passeio emitem 73% das emissões de poluentes em São Paulo, mas só transportam 30% das pessoas. Já os ônibus transportam mais e são responsáveis apenas por 3,1% dos poluentes.

Como implementar o fretado na empresa:

Se sua empresa está pensando em implantar o transporte por fretamento para os colaboradores, será necessário uma gestão e organização de uma empresa especialista no assunto para cuidar de tudo relacionamento ao transporte, desde o mapeamento e otimização das rotas, planejamento de horários, contratação de operadores até o suporte as dúvidas de transporte dos colaboradores.

A BusUp é uma empresa de serviços com a mais avançada plataforma digital de otimização e gestão de serviços de transporte por fretamento compartilhado.

Com o know how e tecnologia para a otimização e gestão de serviços de transporte por fretamento compartilhado, aliado a alguns outros fatores de planejamento, a BusUp consegue propor soluções de transporte na medida que promovem a redução de custo em transporte dos colaboradores da sua empresa em até 40%.         

Quer saber mais? Ligue (11) 4552-6462 ou clique no botão abaixo e preencha o formulário que nossa equipe entrará em contato.

Calculou, Economizou, Mudou para a BusUp!

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog