<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=337549318257422&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
RH

Feedback pronto: principais modelos e como aplicá-los

Atração de talentos

Conheça boas práticas para aplicar modelos de feedback pronto

O feedback pronto é uma das principais ferramentas dentro de uma empresa, principalmente por melhorar a produtividade e alinhar as expectativas dos gestores sobre  o andamento do negócio. Segundo Relatório de Gestão de Desempenho, realizado com 600 empresas em 99 países e publicado pelo Top Employers Institute, a transparência é um ponto fundamental. Em 79% das organizações brasileiras participantes, os objetivos de desempenho dos gerentes são completamente claros aos seus subordinados. 

 A pesquisa também aponta que quase 100% das empresas brasileiras treinam seus gerentes para dar aos funcionários um feedback construtivo e transparente. Este dado coloca o Brasil à frente de países considerados de primeiro mundo, como França (79%), Itália (87%) e Reino Unido (90%). Apesar de reconhecerem a importância do feedback, muitas empresas não possuem otimização em seus processos. 

Este artigo apresenta os principais modelos de feedback pronto existentes, um passo a passo para aplicá-los e as consequências diretas que algumas empresas assumem ao desconsiderá-los. 

 

Feedback pronto
Modelos de avaliação frequente como o feedback pronto ajudam a otimizar os processos dentro da organização para que ela se mantenha competitiva. Esse tipo de retorno possibilita aos funcionários reconhecerem seus pontos de melhoria para que possam se aprimorar.

Consequências negativas da falta de feedback pronto

A falta da aplicação de métodos de desempenho nas organizações traz consequências relacionadas à satisfação e rendimento dos colaboradores. Em linhas gerais, empresas que não avaliam a eficiência de seus colaboradores não conseguem avaliar forças e corrigir fraquezas, colocando-se de maneira menos competitiva em relação aos concorrentes. 

Dados da Great Place to Work revelam que o grau de confiança dos funcionários aumenta gradativamente conforme a quantidade de avaliações feitas durante o ano. Além disso, estão sujeitas a outras desvantagens explícitas, como:

  • Desmotivação das equipes;
  • Ausência de liderança;
  • Enfraquecimento do relacionamento com o colaborador;
  • Incapacidade de reconhecer pontos de melhoria;
  • Perda de talentos;

Feedback pronto: quais os tipos existentes? 

Feedbacks que contenham críticas e elogios são fundamentais para o desenvolvimento profissional de funcionários e gestores. Afinal, é esse tipo de retorno que permite ao indivíduo corrigir suas deficiências, reforçar os pontos fortes e descobrir novas características de destaque

Para as organizações, é fundamental que o feedback assuma um caráter de incentivo, a fim de melhorar a produtividade nas operações. Existem algumas formas diferentes para fornecer considerações aos colaboradores de maneira madura e efetiva, são elas: 

Feedback positivo

Este retorno vai além do elogio ao colaborador, funciona como estímulo, reforçando uma ação ou atitude positiva que o gestor enxergue como importante para ser feita novamente. 

Feedback negativo 

Tem como objetivo apontar ao colaborador que o resultado foi insuficiente ou insatisfatório.  Neste sentido, a informação deve ser comunicada de maneira respeitosa, imparcial e profissional, para que o funcionário não se sinta ofendido e encare como incentivo na melhoria de sua performance.

 

Saiba como atrair os melhores talentos para a sua empresa 

 

Feedback assertivo 

Semelhante ao feedback positivo, porém mais voltado para ajustes organizacionais específicos. Busca apontar quais os pontos fortes e fracos de colaboradores para que possam crescer e se desenvolver dentro da empresa, otimizando suas atividades e melhorando resultados.

Feedback construtivo 

Modelo de abordagem empática na qual o gestor se coloca no lugar do outro, auxiliando-o a entender a visão transmitida. É considerado como tipo ideal de feedback, especialmente para aqueles que têm dificuldade em lidar com críticas negativas. 

Como fornecer feedback pronto mais assertivo?

Para aplicar um modelo de feedback assertivo, gestores devem sempre recordar-se de dois pontos: é sempre preferível dar  feedbacks presencialmente e a comunicação deve ser uma via de mão dupla. Este ponto é fundamental, já que exige dos gestores a disponibilidade para escutar as percepções alheias, além de falar suas considerações.

Confira a seguir algumas boas práticas que as empresas podem assumir para comunicar aos colaboradores seu desempenho da maneira mais adequada: 

Como dar um feedback positivo

Ao dirigir um feedback positivo ao colaborador são indispensáveis algumas práticas, como: 

  • Clareza e critério no momento de fornecer o feedback também são indispensáveis;
  • Elogios são fundamentais para a motivação pessoal. Deste modo, não é interessante que sejam guardados para depois. Ao ver uma situação que merece destaque, gestores devem apontá-la imediatamente; 
  • Elogio que se segue de uma crítica para tentar amenizar a situação não é uma boa recomendação, pois isso pode acabar confundindo o colaborador;
  • Reconhecimento do colaborador em frente aos colegas é importante para que ele se sinta prestigiado. Além disso, contribui para estimular o restante da equipe; 
  • A diferença positiva mostrada ao colaborador, ajudará a fazer com que perceba sua importância ao negócio em perspectiva ampla

Como dar um feedback negativo

Os feedbacks negativos são sempre mais complexos e exigem respeito e sinceridade. Por conta disso, fatos e argumentos utilizados devem ser reunidos com antecedência. Os cuidados a seguir devem ser tomados:

  • Sinceridade e transparência no momento de apresentar ao colaborador as funções que não tem desempenhado bem, ajudam-o a compreender da melhor forma;
  • A clareza na argumentação é fundamental para resolução das dúvidas e efetividade do processo; 
  • Empatia pelos colaboradores no momento de apresentar seus erros é fundamental 
  • Dados coletados podem ser utilizados para incentivar o colaborador mostrando o quanto já foi importante à efetividade das operações; 
  • Ouvir os funcionários, suas dúvidas, percepções e dores são fundamentais para poder direcioná-lo da melhor forma; 
  • Metas e expectativas para o futuro devem ser apresentadas ao colaborador;

 

Fretamento empresarial

 

Como dar um feedback assertivo 

A fim de realizar ajustes organizacionais mais específicos, este feedback deve  apontar pontos fortes e fracos dos colaboradores. As práticas indicadas são: 

  • As informações pessoais e profissionais do avaliado devem ser reunidas num primeiro momento pelo gestor;
  • Os dados, por sua vez, devem ser organizados em pontos positivos e comportamentos de destaque;
  • Resultados satisfatórios e condutas adequadas do colaborador devem ser relacionados para tornar a análise mais completa;
  • Indicação de pontos de melhoria e auxílio no desenvolvimento do profissional são responsabilidade do gestor;

Como dar um feedback construtivo

Este modelo deve focar-se na empatia. É ideal para lidar com funcionários que têm dificuldades em lidar com críticas. Deve-se considerar:

  • Uma abordagem mais fiel à realidade, é fundamental definir o propósito pretendido com o feedback;
  • Feito isso, gestores devem reunir os fatos determinantes, suas datas e impactos;
  • Outro ponto relevante é focar-se na empatia e a objetividade na abordagem ao profissional;
  • Por fim, os dados que sustentam as decisões e soluções para que o desempenho melhore devem ser mostrados ao colaborador;

A importância do feedback pronto para a eficiência da organização

A falta de indicadores de avaliação geram nos colaboradores a falta de visão com relação a efetividade de suas ações. Como seria possível trabalhar sem um retorno fiel sobre a qualidade de suas atitudes recentes? O uso dos feedbacks, mais do que isso, aproxima o profissional da estratégia organizacional, motivando-o a alcançar o melhor resultado possível. 

Por isso, empresas que aplicam modelos assertivos de feedback ganham muito mais fundamento para tomar decisões ou aplicar uma determinada estratégia de crescimento no negócio. O feedback constante também traz benefícios notáveis na relação empregado/empregador, já que seu uso cria nos colaboradores um sentimento de valorização, resultado do interesse da organização em ver o desenvolvimento pessoal de cada um. 

Somos a BusUp. Transporte inteligente para sua empresa economizar até 40% com fretamento.

Gostou? Entre em contato com nossa equipe para mais informações. Calculou, economizou, mudou para a BusUp.

 

Atração de talentos

Sobre o autor
BusUp

Equipe BusUp

Mais info →

Escreva um comentário

Inscreva-se no blog