Algumas medidas empresariais em tempos de isolamento social.

7 minutos

O país e o restante do mundo estão adotando medidas de isolamento social devido o Covid-19. Com isso, empresas de pequeno, médio e grande porte são impactadas com situações que variam desde a redução de demanda dos produtos e serviços até redução das jornadas de trabalho dos colaboradores, questões estas que afetam, não somente a estrutura financeira da própria empresa, mas também o panorama econômico brasileiro como um todo.

O setor de transporte também foi impactado por adaptações. Com o avanço da pandemia, a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) informou que a redução é de aproximadamente 30% da demanda de passageiros de transporte público coletivo urbano. Com isso, as empresas de ônibus poderão reduzir em até 1/3 o número de horários oferecidos, desde que os índices de ocupação atendam aos parâmetros estabelecidos pela legislação.

Nesse contexto, qual o papel dos profissionais de Recursos Humanos?

No mundo corporativo, o setor de Recursos Humanos é um dos responsáveis para garantir um ambiente saudável aos colaboradores. Em momentos de crise, esse profissional precisa estar ainda mais próximo da equipe, auxiliando a administração das demandas remotas, bem como a comunicação com o público interno sobre as possíveis mudanças que podem ser geradas nas rotinas de trabalho.

Em meio a pandemia, muitas empresas estão se adaptando a esse cenário, por meio da escolha de medidas empresariais que mais se adequam ao seu modelo de negócio, visando preservar a sustentação dos seus negócios, a saúde dos seus colaboradores, bem como a continuidade das suas atividades. A seguir, veja as três principais:

– Antecipação de férias:  

A antecipação de férias dos colaboradores ou as férias coletivas são saídas para empresas que não conseguem adotar o trabalho remoto para dar continuidade ao escopo de trabalho. Nesse momento, as empresas devem unir forças para manter seu compromisso com os colaboradores evitando, ao máximo, as demissões.

– Adoção do banco de horas:

Em acordo com o sindicato, a empresa que não tenha como continuar com as suas atividades pode solicitar a criação de um banco de horas. Dessa forma, o período poderá ser compensado quando a empresa retomar as atividades.

– Adoção do home office:

O home office é uma modalidade de trabalho no qual os colaboradores de uma empresa conseguem exercer suas atividades remotamente das suas próprias casas. Como qualquer processo de mudança, é necessário um período de adaptação, em que a paciência e empatia dos gestores e equipes são essenciais.

Vamos superar esse momento!

É de suma importância que as empresas e os colaboradores compreendam e adotem todas as medidas de saúde e segurança prescritas pelo governo para conter, o máximo possível, o avanço da pandemia. Adote a redução de horas trabalhadas, aumente a higienização, cuidado e esterilização do ambiente de trabalho caso ainda esteja ativo, e, se possível adote o home office.

Para quando o período de isolamento social passar:

A BusUp é uma empresa de serviços especialista na gestão e otimização de transporte por fretamento compartilhado. Por meio da expertise da nossa equipe no mercado de fretamento e nossa tecnologia, analisamos as necessidades de transporte para garantir o melhor aos seus colaboradores com o menor custo possível para a sua empresa.

Nosso objetivo é conectar pessoas e organizações, por meio da inovação e tecnologia do serviço de fretamento compartilhado. A BusUp tem operadores homologados em todo o Brasil, além de Portugal, Espanha e Estados Unidos.

Faça parte da inovação, conheça o fretamento tecnológico BusUp!

Acesse nosso site e conheça mais: https://busup.com.br/

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog