Um homem de pé, usando camisa social, calça jeans e capacete, segurando um laptop, em frente às máquinas, avalia a automação de processos industriais

Automação de processos industriais: confira tudo o que você precisa saber

12 minutos

Saiba como usar a tecnologia a favor da redução de custos

Entre os muitos desafios enfrentados pelas empresas na era digital, a automação de processos industriais tem se mostrado uma das questões mais importantes quando se trata de reduzir custos. De fato, a resistência em adotar novas tecnologias para aumentar a produtividade pode se mostrar bastante custosa. A ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) calcula que a implementação de soluções da chamada indústria 4.0 poderiam trazer uma redução nos custos industriais de mais de R$ 70 bilhões por ano.

A maior parte dessa economia seria alcançada por conta de ganhos de eficiência e diminuição dos gastos com manutenção de máquinas. Também haveria vantagens por conta do menor consumo de energia. Um dos pontos de atenção nas projeções da ABDI são os ganhos de eficiência, estimados em R$ 31 bilhões por ano.

Para se beneficiar desse cenário, é importante adotar algumas medidas para promover a automação de processos industriais, que serão detalhadas a seguir.

New Call-to-action
Um homem de pé, usando camisa social, calça jeans e capacete, segurando um laptop, em frente às máquinas, avalia a automação de processos industriais
Um homem de pé, usando camisa social, calça jeans e capacete, segurando um laptop, em frente às máquinas, avalia a automação de processos industriais

O que é automação de processos industriais

Define-se automação de processos industriais como a adoção de ferramentas tecnológicas com o objetivo de aumentar a eficiência e a produtividade das fábricas, trazendo, ainda, a redução de custos. Os investimentos em tecnologia devem ser permanentes, acompanhando as tendências e a inovação de forma estratégica. 

Nos últimos anos, por exemplo, a indústria sucroenergética vem implementando uma série de evoluções nesse sentido. Segundo a revista RPA News, o setor já implementou modelos de compartilhamento da tomada de decisões em tempo real, integrou os centros de operação e instalou o monitoramento das informações digitais das máquinas. Também foram automatizados os sistemas de geração e controle de energia.

Em resumo, a automação de processos reduz ou elimina a necessidade de intervenção humana em tarefas repetitivas ou de maior risco. Além disso, aplica tecnologias diversas para aperfeiçoar os processos e obter maior qualidade nos produtos. Com tudo isso, o resultado é uma maior eficiência com custos menores.

Processos que podem ser automatizados

Diversos processos industriais podem se beneficiar da automação. Segundo uma pesquisa da GS1 Brasil (Associação Brasileira de Automação), em média 68% das linhas de produção das indústrias são automatizadas. Entre as funções mais comuns desempenhadas por máquinas estão a transformação da matéria prima (78%), a solda ou cola (58%) e equipamentos de precisão (40%).

Uma empresa que conseguiu bons resultados foi a Biomecânica, especializada em próteses ortopédicas. A fábrica automatizou os processos de entrada no estoque de produtos acabados, faturamento e expedição de mercadorias, previsibilidade e planejamento. Com a nova expedição, o tempo de processamento de 200 peças caiu de três horas para 30 minutos, e a taxa de erro foi zerada. Além disso, os funcionários anteriormente envolvidos nessa fase da produção puderam ser realocados para outras funções e o nível de serviço aumentou.

Ferramentas que podem ajudar na automação de processos industriais

A automação industrial pode ser aplicada em várias etapas da produção. Por exemplo, há o momento da captação de dados no chão de fábrica, com sensores, atuadores e outros. Outro foco é o controle de atividades, que se utiliza de sistemas de monitoramento e gestão dos equipamentos para identificar falhas ou emergências.

No que diz respeito aos processos produtivos, a automação traz um nível de eficiência ainda maior. Para que isso aconteça, são adotados softwares específicos para cada tipo de atividade:

ERP (Enterprise Resource Planning)

Este tipo de sistema integrado de gestão empresarial integra todos os dados e processos da empresa em uma única plataforma. Os ERPs podem ser integrados, por exemplo, com sistemas de comunicação de plataforma aberta, ou seja, aqueles que contam com protocolos que permitem a interconectividade entre diferentes dispositivos. Desta forma, os dados de produção podem ser acessados em tempo real, possibilitando dinamizar atividades como gestão de estoque e mitigação de riscos.

MES (Manufacturing Execution System)

Os sistemas de execução de manufatura auxiliam especificamente na gestão de processos. Isso acontece tanto no momento do controle da produção em si, realizando comparações entre o total planejado e o efetivamente produzido, quanto na liberação de ordens de produção. Com a adoção deste tipo de sistema, fica mais fácil garantir que o planejamento seja cumprido sem perdas ou atrasos.

MOM (Manufacturing Operations Management)

Os softwares de gestão de operações de manufatura são utilizados para controlar toda a operação, incluindo atividades como estoque, produção, manutenção e controle de qualidade. 

SCADA (Supervisory Control and Data Acquisition)

Trata-se de sistemas supervisórios que integram bases de dados e sistemas operacionais das máquinas, ajudando os operadores a extrair informações úteis para a tomada de decisão. Os sistemas SCADA permitem, ainda, a elaboração de gráficos e indicadores por meio de interfaces unificadas.

A automação de processos industriais veio para ficar

A automação de processos industriais comprovadamente traz ganhos de eficiência e produtividade para as empresas. Ela pode ser adotada para tornar mais eficazes os processos ligados ao controle de estoque, transformação da matéria prima, expedição de mercadorias, planejamento e outros. Para cada tipo de atividade, existem softwares específicos que podem ajudar a implementar a automatização.

Somos a BusUp. Transporte inteligente para sua empresa economizar até 40% com fretamento.

Gostou? Entre em contato com nossa equipe para mais informações. Calculou, economizou, mudou para a BusUp.

New Call-to-action

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog