Qualidades profissionais: conheça as mais desejadas

11 minutos

Confira as qualidades profissionais que os recrutadores valorizam nos processos de seleção das empresas

Um dos maiores desafios das empresas é mostrarem-se  competitivas no mercado e, para que isso aconteça, é preciso contar com uma força de trabalho qualificada, com um perfil adequado à cultura e aos objetivos estratégicos da organização. Os líderes de equipes sabem dessa necessidade: uma de suas maiores preocupações é a busca por pessoas com qualidades profissionais valorizadas pelo mercado. Um estudo divulgado pela consultoria Mercer mostra que 97% das corporações planejam implementar transformações significativas em 2022, com destaque para a inovação, a experiência do cliente e novas formas de trabalhar. Mas, entre as principais dificuldades para que essas mudanças aconteçam, a terceira mais citada é a falta de habilidades adequadas dos colaboradores

Nos processos de seleção, a capacidade técnica é importante, mas as habilidades comportamentais vêm ganhando cada vez mais espaço. Essas competências, também conhecidas como soft skills, têm a ver com a forma como as pessoas lidam consigo e com os outros nas situações do dia a dia. Para ajudar os recrutadores a identificarem os candidatos mais adequados, este artigo mostrará algumas das qualidades profissionais desejadas pelas empresas.

Recrutador dá boas-vindas a uma candidata com boas qualidades profissionais.
Recrutador dá boas-vindas a uma candidata com boas qualidades profissionais.

Conheça sete qualidades profissionais buscadas por recrutadores

A valorização das soft skills traz novos desafios para os recrutadores que conduzem processos seletivos. Isso porque a avaliação de capacidades técnicas pode ser feita por meio de testes objetivos, mas as habilidades comportamentais são percebidas de forma mais subjetiva. Assim, é mais difícil verificar se o candidato tem as características adequadas ao perfil da vaga e da equipe. A seguir, serão apresentadas algumas qualidades profissionais buscadas pelo mercado.

1. Boa comunicação interpessoal

Não adianta contratar profissionais altamente qualificados, mas que não conseguem se comunicar com colegas, gestores, clientes e fornecedores. Provavelmente os resultados serão menos significativos que o esperado, já que parte importante de qualquer atividade depende de se expressar de forma clara e objetiva. Profissionais com boas habilidades de comunicação interpessoal têm mais chances de explorar todo o seu potencial no trabalho.

Para avaliar se um candidato tem essas competências, é importante observar se ele tem boa expressão verbal, evitando vícios de linguagem, e se consegue transmitir suas ideias de forma clara. Além disso, é importante saber escrever corretamente e interpretar um texto escrito. Por fim, ele deve ser capaz de ouvir sem interromper, exercendo a escuta ativa, ou seja, assimilando o que é dito de forma empática e eficiente.

2. Trabalho em equipe 

A troca de ideias, o trabalho colaborativo e o processo conjunto de tomada de decisão são fatores essenciais para a criação de um ambiente que estimule a criatividade e a inovação. Além disso, boa parte das ocupações atuais demandam que os profissionais lidem com situações complexas, que são avaliadas e resolvidas mais facilmente quando tratadas por mais de uma pessoa, seja de forma presencial ou remota. O trabalho em equipe faz com que todos se beneficiem dos diferentes pontos de vista que traz cada pessoa da equipe. Para identificar profissionais com esta competência, observe como se comportam em atividades em grupo, avaliando se contribuem de forma assertiva, colaborativa e com autonomia.

3. Comprometimento e responsabilidade

Com a consolidação dos esquemas híbridos de trabalho, em que as equipes se dividem entre atividades remotas e presenciais, cresce também a importância de contar com profissionais comprometidos. Eles devem ser capazes de cumprir com suas responsabilidades sem a necessidade de ter um chefe por perto controlando o andamento de cada tarefa. Também devem ir além do básico, apresentando formas mais eficientes de fazer as coisas ou sugerindo aperfeiçoamentos nos produtos e serviços oferecidos pela empresa. Para avaliar essas qualidades, vale a pena observar a pontualidade e a qualidade das entregas, independente do tempo despendido para realizá-las.

4. Foco em resultados

Profissionais com foco em resultados são capazes de alcançar as metas estabelecidas dentro do intervalo de tempo determinado, com qualidade e consumindo apenas os recursos necessários, sem desperdícios. Esses colaboradores são bastante valorizados, pois ajudam as empresas a atingirem seus objetivos estratégicos. Para identificar essa competência em um candidato, é preciso analisar sua capacidade de mostrar conquistas mensuráveis em suas experiências anteriores, pedindo exemplos de projetos já desenvolvidos.

5. Capacidade de se adaptar a mudanças 

Em um mundo volátil, em que as coisas mudam rapidamente, a adaptabilidade a novos cenários é uma qualidade profissional bastante desejável, portanto, é fundamental aceitar mudanças e adequar suas ações aos cenários que se apresentam. Essa habilidade pode ser percebida em especial nas situações de crise, em que o colaborador precisa se adaptar rapidamente. 

6. Aprendizado contínuo 

Além da capacidade de adaptação, um mundo em constante transformação exige equipes altamente qualificadas. Para isso, não basta ter uma boa formação técnica inicial: é fundamental que os profissionais continuem se aperfeiçoando. É possível verificar essa qualidade observando-se no currículo do candidato cursos, seminários e outras formas de buscar conhecimento, de preferência ao longo do tempo e de forma contínua.

7. Alinhamento cultural

Toda empresa tem um uma forma de se posicionar na sociedade e um jeito próprio de conduzir as atividades rotineiras. Contar com colaboradores que compartilham desses mesmos valores e que conseguem trabalhar de forma alinhada com todas as equipes ajuda a criar um ambiente de trabalho mais produtivo e menos estressante. É possível identificar esses profissionais fazendo perguntas que envolvam esses valores e princípios, verificando se as respostas trazem sinergia com a cultura organizacional

Essas qualidades profissionais podem fazer a diferença na hora de recrutar

As empresas apostam cada vez mais em equipes alinhadas à cultura organizacional e a seus objetivos estratégicos. Por isso se torna fundamental selecionar candidatos com boas qualidades profissionais na hora de recrutar. Avaliar as soft skills mais desejadas pode ser o diferencial que vai trazer melhores resultados para a empresa.

Somos a BusUp. Transporte inteligente para sua empresa economizar até 40% com fretamento.

Gostou? Entre em contato com nossa equipe para mais informações. Calculou, economizou, mudou para a BusUp.

New Call-to-action

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog