Sistemas de Gestão: da equipe ao software

12 minutos

Sistemas de Gestão se referem, de maneira ampla, a uma gama de ferramentas que se aplicam ao ambiente empresarial

Os sistemas de gestão são voltadas a melhorar a eficiência e eficácia de maneira geral, observando-se a relação entre cada componente de um todo e mirando um mesmo objetivo.

Parece complicado? Para ajudar a entender melhor, preparamos este artigo que, junto com nossos artigos sobre Eficiência e Eficácia e Clima Organizacional, deve ajudar ainda mais na missão de buscar a excelência e melhor aproveitamento em todos os processos!

New Call-to-action

Sistema de Gestão como Estrutura

O consultor em gestão Vicente Falconi, em uma fala no fórum HSM, definiu Sistemas de Gestão como “um sistema onde partes interligadas funcionam buscando constantemente a melhora da empresa”. Parece bastante simples, mas essa afirmação coloca uma série de questões para os gestores e líderes que não podem ser tomadas com pouca atenção.

Como funciona um sistema de gestão

Em primeiro lugar, deve-se entender que um Sistema de Gestão deve ter uma meta. Afinal, todo ambiente corporativo trabalha com um fim. Portanto, os processos interligados de todos os setores devem estar alinhados em busca de um mesmo objetivo comum.

Como falamos anteriormente, gerir a eficiência e a eficácia dos processos que compõem uma empresa são determinantes. O que um Sistema de Gestão nos proporciona é uma forma de, observando os diversos componentes que formam uma empresa, planejar e atuar em função de uma meta.

Os resultados de um bom sistema de gestão que visa OBTER resultados são diversos. Eles se refletem, por exemplo, na solidificação dos valores e da cultura da empresa. Em um ambiente com bom Clima Organizacional, isto torna-se um fator a mais que contribui para a saúde do empreendimento.

Quando bem utilizados, sistemas de gestão alavancam os resultados das empresas.

Quais são as principais vantagens de uma sólida estrutura de gestão?

  • Oferece constante melhoria;
  • Agrega otimização e fluidez para processos internos;
  • Soma pontos para a construção e solidificação da cultura organizacional e seus valores;
  • Melhora a eficiência dos processos e setores, por permitir melhor compreensão;
  • Alavanca o desempenho e a integração entre os colaboradores.

A disciplina e a organização advindas da gestão proporcionam não só melhores resultados. Em conjunto, oferecem melhor compreensão dos diversos procedimentos operados, na busca da geração de valor.

Pode-se dizer que a adoção de um Sistema de Gestão que foca em resultados é um fator estratégico. Principalmente porque ele reflete sua eficácia em todas as dimensões da vida corporativa. Além de contribuir para um bom Clima Organizacional, o sistema reafirma a importância de cada processo individual dentro da empresa.

Ele ainda permite que líderes e gestores tenham mais controle e compreensão de todas as variáveis de um sistema, além de deixar claro quais são as metas da equipe e da companhia.

Planejamento Integrado de Recursos

Sistemas de Gestão também envolvem tecnologia, e não podemos não falar de pelo menos um desses sistemas: o ERP. O ERP consiste em um software que se propõe a automatizar uma série de processos do mundo empresarial – desde questões fiscais a Recursos Humanos.

De maneira geral, o ERP possui uma série de ferramentas que se traduzem em um aumento de produtividade e eficiência, na medida em que desafogam os colaboradores de tarefas mecânicas ou burocráticas. Nesse sentido, ele é capaz de gerar gráficos e demonstrar, em tempo real, uma série de informações que de outra forma levariam muito tempo para serem constatadas.

Exemplos de informações geradas por um ERP:

  • Gerenciamento de estoque;
  • Indicações sobre os melhores momentos para realizar determinada compra;
  • Detalhes de relacionamento com determinado cliente.

O sistema permite que os colaboradores de todos os setores possam se dedicar a questões imprescindíveis e centrais, atuando como uma poderosa ferramenta para tomada de decisões e negociações, por exemplo.

Os softwares voltados à gestão têm como resultados não só dados em tempo real. Eles permitem mais segurança e controle sobre diferentes aspectos da vida econômica da empresa, assim como podem proporcionar melhor economia e eficiência. Aplicar um Sistema de Gestão – seja com ou sem a adoção de um software – envolve clareza em relação às metas da empresa e das equipes.

O que vem depois?

Organizar os objetivos, processos e estabelecer metas plausíveis é o primeiro passo. A partir deste momento, deve-se estudar a fundo as partes que compõem o processo produtivo da corporação para definir objetivos táticos e operacionais.

Por fim, a partir dos resultados obtidos, aplicar novas melhorias, de maneira constante, mirando sempre resultados cada vez mais satisfatórios.

Gostou? Entre em contato com nossa equipe para mais informações. Calculou, economizou, mudou para a BusUp.

Como economizar com o transporte de funcionários

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog