RH

Pesquisa de engajamento: saiba como avaliar a motivação do time

BUS BR - CTA Text - Ebook Tendências RH

Colaboradores com motivação têm melhor desempenho e a pesquisa de engajamento identifica pontos de melhoria

A preocupação das empresas com o bem-estar dos colaboradores é uma questão de qualidade de vida: já está comprovado que existe uma forte relação entre o engajamento com o trabalho e a sensação de satisfação fora do escritório. Além disso, este também é um fator que contribui para a melhoria do desempenho das equipes e, consequentemente, dos resultados financeiros das organizações. Para coletar esses dados tão importantes, a pesquisa de engajamento se mostra como uma excelente ferramenta.

Segundo um estudo publicado na Revista de Administração Contemporânea, organizações com funcionários insatisfeitos têm maior probabilidade de atingir piores resultados. Essa observação é confirmada pelos números: segundo um relatório do Instituto Gallup, o baixo engajamento dos profissionais tem um custo global de US$ 7,8 trilhões. A sondagem mostrou também que, no Brasil, 60% dos trabalhadores relatam sofrer com preocupações diariamente, o maior índice da América Latina.

Este artigo irá mostrar como a pesquisa de engajamento permite identificar pontos críticos na satisfação e motivação dos colaboradores, ajudando a elaborar um plano de ação eficiente para minimizar o problema.

Funcionária satisfeita em ambiente de trabalho onde se aplica pesquisa de engajamento

O que é a pesquisa de engajamento

A pesquisa de engajamento é aplicada com o objetivo de medir o grau de satisfação dos colaboradores com a companhia, avaliando, por meio de um questionário, o quanto eles se sentem valorizados. Os principais objetivos desse tipo de sondagem são verificar se os profissionais estão motivados e se pretendem continuar na empresa.

É importante diferenciar essas avaliações, que verificam o comprometimento das equipes com a empresa e seu crescimento, das pesquisas de clima organizacional, que têm foco principalmente em processos e rotinas.

 

Antecipe-se às tendências tecnológicas do setor de RH

 

Por que realizar uma pesquisa de engajamento?

Ao avaliar o grau de motivação dos colaboradores, as lideranças das empresas conseguem identificar pontos de melhoria na gestão, de forma a alavancar a produtividade. Além disso, as pesquisas de engajamento possibilitam a criação de métricas comparáveis ao longo do tempo, seja em relação à própria empresa ou aos indicadores do segmento em que atua.

Outro benefício é a possibilidade de elaborar planos de ação direcionados a minimizar as questões apontadas pelos colaboradores. Um exemplo disso foi demonstrado por um levantamento divulgado na revista Forbes. Segundo a pesquisa, empresas cujos gestores realizam reuniões individuais com os colaboradores de forma periódica têm uma taxa de engajamento 2,5 vezes maior que as demais.

O que abordar na pesquisa de engajamento

A elaboração de uma pesquisa desse tipo deve seguir uma estrutura simples, para estimular a participação do maior número possível de colaboradores. As opções de respostas podem conter escalas de avaliação, classificando-as em cinco faixas, que podem variar entre “discordo totalmente” e “concordo totalmente” ou de “ruim” a “ótimo”.

Ao final do questionário, pode ser incluída uma questão aberta, de preenchimento opcional. Neste espaço os colaboradores podem acrescentar pontos que não tenham sido abordados nas perguntas fechadas.

Para facilitar a compreensão, a pesquisa deve ser dividida em blocos, agrupando questões sobre temas como:

  • Informações sobre a atividade do colaborador, desde que possam ser anonimizadas (tais como área de atuação, nível hierárquico, tempo de casa).
  • Remuneração e benefícios.
  • Estrutura física, carga horária, condições de trabalho.
  • Relacionamento com líderes.
  • Trabalho em equipe e relacionamento com pares.
  • Comunicação interna.
  • Plano de carreira e capacitação.
  • Clareza quanto aos objetivos estratégicos e metas individuais.
  • Senso de pertencimento e comprometimento com o crescimento.

 

New call-to-action

 

Por fim, para obter uma avaliação precisa sobre a qualidade do engajamento, deve-se incluir uma questão do tipo NPS (Net Promoter Score, na sigla em inglês), que as empresas costumam usar para mensurar a satisfação de seus clientes. No caso da pesquisa de engajamento, a ideia é obter um índice de comprometimento dos colaboradores com a organização.

Uma boa estratégia de pergunta NPS é: inserir uma questão pedindo que avaliem, em uma escala de zero a dez, a possibilidade de recomendarem a empresa para um amigo trabalhar. Com base na média das respostas, será possível classificar seus funcionários em detratores (0 a 6), neutros (7 e 8) ou promotores (9 e 10). A taxa de engajamento será calculada, então, pela seguinte fórmula:

% de promotores (P) – % de detratores (D) = taxa de engajamento

Como usar a pesquisa de engajamento a favor da sua empresa

Neste artigo, foram apresentados os principais conceitos relacionados à pesquisa de engajamento, demonstrando que uma percepção clara sobre o grau de motivação dos colaboradores tem relação direta com a melhoria dos resultados. Também foram listados alguns dos temas que devem integrar esse tipo de questionário, incluindo uma fórmula de cálculo da taxa de engajamento segundo o método NPS. Todos esses temas irão ajudar a identificar pontos de melhoria e a elaborar um plano de ação eficaz.

Somos a BusUp. Transporte inteligente para sua empresa economizar até 40% com fretamento.

Gostou? Entre em contato com nossa equipe para mais informações. Calculou, economizou, mudou para a BusUp.

 

BUS BR - CTA Post - Ebook Tendências RH

Sobre o autor
BusUp

Equipe BusUp

Mais info →

Escreva um comentário

Inscreva-se no blog