Gestão estratégica de pessoas: como gerir melhor os funcionários?

14 minutos

Investir na gestão estratégica de pessoas ajuda a otimizar o desempenho dos colaboradores, tornando a empresa mais eficiente.

A sociedade é pautada por números, como índices e estatísticas. No entanto, é preciso estar atento ao principal ativo que contribui para esse sucesso: as pessoas. Segundo a pesquisa da FIA Employee Experience (FEEx), um dos maiores problemas de gestão no Brasil é em relação à avaliação e ao diálogo. Um em cada cinco trabalhadores brasileiros não recebe feedback sobre o seu desempenho. Isso afeta a percepção de liderança nas empresas, além de prejudicar diretamente a produtividade do funcionário, como mostra o estudo. 

Neste artigo, vamos apresentar 5 passos para realizar uma eficaz gestão de pessoas, além de abordar os benefícios para empresas e colaboradores.

New Call-to-action
A qualificação dos colaboradores é um dos principais focos da gestão estratégica de pessoas em uma empresa.

O que é a gestão estratégica de pessoas e qual seu impacto nas organizações

A gestão estratégica de pessoas consiste em criar processos de Recursos Humanos, principalmente de desenvolvimento e treinamento de colaboradores. Isso ajuda a alcançar os objetivos e metas estratégicas das empresas. Portanto, essa gestão impacta diretamente as organizações, principalmente quando as ações não são adotadas. 

Quando não é possível evoluir o capital humano e alinhar os objetivos organizacionais, algumas consequências podem ser observadas:

  1. Desperdício e custos: os gastos com contratações mal sucedidas e profissionais que não estão alinhados com os objetivos da empresa podem onerar o orçamento da empresa e bloquear o desenvolvimento do ciclo do colaborador.
  2. Baixa produtividade: um profissional mal gerido e desalinhado com o foco da empresa pode reduzir a produtividade da organização. Segundo uma pesquisa da Harvard Business School, as empresas que investiram na cultura da gestão de pessoas focada no engajamento, retenção e rentabilidade mostraram um crescimento de 756% ao longo dos últimos 11 anos.
  3. Comunicação interna: as falhas de comunicação são um gargalo financeiro, já que os conflitos podem ser agravados quando não existe clareza de ações e objetivos.

Como construir uma gestão estratégica de pessoas 

Como o ambiente de trabalho está em constante mudança, uma gestão de pessoas eficaz exige também ter boa capacidade para adaptar estratégias e processos.

Tenha objetivos claros para a empresa

Para que a gestão estratégica de pessoas tenha sucesso, é preciso que esteja vinculada aos objetivos organizacionais. Por isso, os valores, a visão e a missão devem ser levados de forma clara e impactante aos colaboradores, por meio de dinâmicas em grupo, gamificação, rituais que marcam a organização, incentivos e reconhecimentos. Campanhas de endomarketing, isto é, marketing institucional voltado para o público interno da empresa, também ajudam neste processo.

Avalie a atuação do RH e os recursos empregados

Um RH estratégico e eficiente precisa trazer resultados a partir do capital humano. Por isso, é de responsabilidade do RH avaliar a postura dos gestores, o quanto eles conhecem os funcionários e medir seu desempenho. Assim, é possível sugerir a implementação de ações para otimizar os resultados dos colaboradores.

Ofereça treinamentos internos sobre o funcionamento da empresa e os valores praticados. Afinal, ao conhecer a organização como um todo, é mais fácil para o colaborador visualizar a sua participação na hierarquia.

Forme líderes

Tenha um bom programa para  treinar lideranças que sejam capazes de gerir pessoas. Segundo a pesquisa da FEEx, esse é o maior problema dentro de uma empresa. Afinal, os gestores são líderes focados em obter o melhor de cada colaborador, promovendo o engajamento, motivação e desenvolvimento das habilidades a partir da orientação do setor.

Utilize ferramentas para automatizar a gestão estratégica

Automatize ações administrativas e utilize ferramentas que aprimorem as técnicas de gestão estratégica de pessoas na empresa. Identifique softwares e ferramentas que garantam um melhor fluxo de trabalho, economizando tempo e reduzindo burocracias. Por exemplo, como as plataformas de controle de tarefas (Trello, Asana, entre outras), e de gestão de talentos e treinamento (Factorial, Skore, entre outras).

Realize avaliações e proponha ações corretivas

Crie um cronograma estratégico para avaliar e desenvolver as pessoas da sua empresa, buscando maior progresso e melhorias nos diversos setores. A avaliação de desempenho individual trimestral e análise do clima organizacional semanal, ou até diária, são ferramentas que devem estar inseridas no cronograma, por exemplo. 

Gerencie e retenha funcionários

Não basta encontrar os melhores funcionários para atingir as metas da empresa. É importante retê-los e dar-lhes a oportunidade de crescer na organização. Avaliar as habilidades dos colaboradores pode ser eficaz para esse processo de retenção. Com isso, a organização se beneficia dos atributos oferecidos pelo trabalhador e identifica com mais facilidade as oportunidades e melhorias dos postos de trabalho, favorecendo os trabalhadores.

Estude os casos de sucesso

Uma forma de compreender como criar ações de gestão estratégica de pessoas é observar o que grandes empresas estão fazendo. Por isso, separamos dois exemplos:

Nissan

Um caso de sucesso da missão e valores adotados pela organização que é absorvido e implantado à rotina dos trabalhadores acontece na montadora Nissan. A filosofia “kaizen” adotada pela empresa, é uma ideologia da montadora em que os seus funcionários precisam ser encorajados a se esforçar ao máximo para melhorar a sua maneira de trabalhar, desde o primeiro dia dentro da empresa.

Os funcionários são encorajados a construir uma empresa sustentável, inovadora e que zela pelos seus clientes. Como contrapartida, a empresa tem uma política de remuneração e benefícios alinhada com a atração e retenção de talentos.

O resultado dessa política é bem expressivo. De 2017 a 2018, o número de colaboradores aumentou 27%. Além disso, a taxa de rotatividade da empresa sofreu uma queda expressiva, variando de 36% para 22%.

FedEx

A FedEx atribui o sucesso da empresa à filosofia das pessoas que estão em primeiro lugar dentro da organização, desenvolvendo um relacionamento único. Nos últimos anos, a empresa aderiu a cultura da tríade “pessoas-serviço-produtividade”, na qual a FedEx acredita que tratando seus profissionais com excelência, eles farão o mesmo com os seus clientes.

Segundo a empresa, quando as pessoas são colocadas em primeiro lugar dentro da organização, elas prestam o melhor serviço possível e, assim, os lucros seguem a mesma tendência.

Adote as boas práticas de gestão estratégicas de pessoas

O capital humano é um dos responsáveis por desenvolver as competências essenciais das organizações, com os seus conhecimentos, habilidades, capacidades e motivação. Ele ajuda a tomar as decisões e imprime significado e rumo aos objetivos globais da empresa.

Por isso, adotar a prática de uma gestão estratégica de pessoas, visando a qualificação profissional, motivação dos colaboradores e a coesão com os propósitos da empresa, é uma eficiente forma de alcançar as metas e resultados almejados pela organização.

Somos a BusUp. Transporte inteligente para sua empresa economizar até 40% com fretamento.

Gostou? Entre em contato com nossa equipe para mais informações. Calculou, economizou, mudou para a BusUp.

New Call-to-action

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog