Sua empresa está preparada para a Liderança 4.0?

8 minutos

Saiba como melhorar o desempenho de sua equipe por meio da liderança.

As transformações e os avanços no campo da produção, automação e integração do mercado estão acontecendo de forma cada vez mais rápida. Por conta disso, a indústria passa por um processo de repaginação, desde o desenvolvimento de novos softwares até as modernas Inteligências Artificiais.

Paralelamente, cresce também a demanda por evolução e integração entre os colaboradores. Nesse sentido, a liderança 4.0 surge como uma resposta, buscando conciliar a inovação e a humanização das relações interpessoais no ambiente de trabalho.

De acordo com uma pesquisa feita pela consultoria de recrutamento Michael Page, 8 a cada 10 pessoas pedem demissão por causa de seus gestores. Nesse sentido, será que sua empresa está preparada para um novo modelo de liderança? Descubra nas linhas abaixo!

New Call-to-action
Saiba como a liderança 4.0 pode ajudar a motivar seus colaboradores

Veja também: Conheça 6 técnicas de negociação infalíveis para o seu negócio

O que muda com a Liderança 4.0?

O conceito de liderança 4.0 não deixa de lado as concepções anteriores de liderança. Ao contrário, muitas das características atreladas ao conceito clássico de um líder são ainda mais reforçadas neste novo modelo.

O novo perfil deve ser capaz de integrar as transformações operacionais e estratégicas de uma empresa. É preciso considerar que, além de aderir novas tecnologias e mudanças trazidas pelo mercado, deve-se permear também para a humanização das relações – lembrando-se de valorizar aptidões e características individuais de cada colaborador.

O que se espera de um líder 4.0?

Um perfil de liderança deve carregar características para engajar, inspirar e liderar.  De acordo com uma pesquisa feita pela agência de pesquisas norte-americana Gallup, um líder pode influenciar em até 70% o engajamento dos funcionários. Apesar disso, cerca de 70% dos gestores não estão preparados para liderar.

Algumas características indispensáveis para uma boa liderança são:

Múltiplas Inteligências

Não basta ter formação e experiência. Um bom líder deve possuir inteligência emocional, inspiracional, física e contextual, como define o economista Klaus Schwab. Essas características podem ajudar um líder a controlar melhor emoções, ações, palavras, além de torná-lo mais flexível, adaptável, resiliente e inspirador.

Flexibilidade

É comum associar o termo flexibilidade à capacidade do indivíduo de ouvir, ponderar e ceder. Essa é uma característica importante de qualquer líder, pois demonstra maturidade e humildade.

O que diz, na prática: é preciso sempre visar o melhor relacionamento entre os colaboradores e colegas. Um líder 4.0 deve ser flexível, já que precisa lidar com uma variedade de pessoas de áreas distintas.

Respeito à Diversidade

A diversidade é um conceito chave dentro do mercado de trabalho e toma – com razão – cada vez mais espaço no mundo corporativo. Um líder 4.0 deve estar atento e ser sensível à diversidade no ambiente profissional, promovendo sempre o respeito e a integração.

Visão Ampla e Sistêmica

Não basta apenas ter pleno domínio das competências, necessidades e objetivos de sua equipe. A Liderança 4.0 pressupõe um líder que, dotado de uma visão abrangente sobre o negócio e das potencialidades das equipes, consegue tomar decisões de maneira ágil e assertiva, calculando melhor os riscos.

Integração e Diálogo

Por fim, uma Liderança 4.0 deve saber ceder espaço para os liderados e pares. Se no conceito clássico de liderança as decisões são democráticas, agora a própria forma de gerir pessoas torna-se participativa. O líder deve, então, abrir espaço para a diversidade de opiniões e utilizar esse espaço para criar engajamento e inovação.

Somos a BusUp. Transporte inteligente para sua empresa economizar até 40% com fretamento.

Gostou? Entre em contato com nossa equipe para mais informações. Calculou, economizou, mudou para a BusUp.

New Call-to-action

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog