Diferentes gerações no mercado de trabalho. Como promover a integração entre a equipe?

7 minutos

O encontro de gerações no mercado de trabalho é muito comum em empresas de todos os portes e segmentos. Além das inúmeras possibilidades de troca de conhecimento, coexiste também as variações quanto ao modo de pensar, se expressar e agir, devido suas vivências e experiências que ajudam a construir seus perfis profissionais.

O convívio entre essas gerações promove a diversidade e enriquecem o cenário corporativo, mas também podem geram conflitos de interesses. Por isso, uma das tarefas do gestor de recursos humanos é gerenciar cada talento da organização, entendendo suas necessidades e suas principais características, para ter uma visão holística sobre seu público interno. Esse artigo irá te ajudar a entender algumas das principais características de cada geração no mercado de trabalho, seus comportamentos e interesses. Confira a seguir:

Os baby boomer consistem nas pessoas nascidas entre 1940 e 1960. Eles são reconhecidos como profissionais mais tradicionais, que buscam segurança, estabilidade e gostam de ser reconhecidos por sua experiência profissional.

A geração X possuem características marcantes como o compromisso com sua carreira, busca pela estabilidade, são adeptos a rotinas, mas também são propensos a adaptação às novas formas de trabalho. Eles nasceram entre 1960 e 1980.

 A geração Y também conhecido como millenials nasceram entre 1980 e 2000. Esses profissionais vivenciaram os maiores avanços e inovações quanto a comunicação e internet, por isso, veem a tecnologia como aliada no dia a dia. Essa geração busca flexibilidade, conciliação entre a realização pessoal e profissional, buscam benefícios além do salário e estão sempre em busca de crescimento.

Por fim, a geração Z são os jovens que nasceram a partir dos anos 90. Eles já nasceram em um mundo virtual, tecnológico e interativo e estão começando a ingressar no mercado de trabalho. São multitarefas, digitais, realistas e possuem seus valores pessoais definidos.

Com essas gerações convivendo no dia a dia das empresas, são crescentes os desafios de recrutamento, seleção, desenvolvimento e retenção de talentos. Por isso, é importante conhecer muito bem o público interno e adequar os benefícios para que atendam as expectativas de todos visando a isonomia no ambiente empresarial. Algumas práticas que podem ser adaptadas para promover a integração de acordo com a realidade da sua empresa:

Fortaleça a comunicação interna e ações de endomarketing:  Uma cultura organizacional forte é o primeiro passo para a integração no ambiente de trabalho. Por isso, invista no fortalecimento da comunicação interna para que todos estejam sempre alinhados aos objetivos estratégicos da organização, bem como comunicados e informações gerais. Busque utilizar os canais de comunicação tradicionais e também os digitais que promovam a cultura de interação. Outro ponto importante são as ações de endomarketing com foco na motivação, engajamento e reconhecimento aos colaboradores. As ações de feedbacks são interessantes também.

Proporcione treinamentos de acordo com as dificuldades apresentadas: Treinamentos, palestras e workshops são excelentes ferramentas de integração e interação entre equipes.  Para isso, conheça o público interno e ofereça subsídios para eles se desenvolverem em meio a dificuldades. Busque também oferecer possibilidades de dinâmicas que estimulem a criatividade e a troca de experiências. Busque a instrução sobre o uso de novas tecnologias e suas aplicabilidades para facilitar as tarefas do dia a dia.

Ofereça benefícios além do salário:  Os benefícios são muito bem vistos por todas as gerações, principalmente para as gerações Y e Z, que prezam pela relação valorização do trabalho versus qualidade de vida. Por isso, benefícios que foquem no bem-estar do colaborador como assistência médica, participação nos lucros, vale-alimentação, vale-refeição, desenvolvimento de parcerias comerciais, horários flexíveis e o serviço de fretamento podem contribuir para fidelizar o colaborador e até mesmo aumentar a produtividade no ambiente de trabalho.

Esse artigo te ajudou a entender melhor sobre as diferentes gerações no mercado de trabalho e como integrá-las? Então, compartilhe em suas redes e deixe seu comentário abaixo. 

​ ​

Escreva um comentário

Não há comentários

Ainda não há nenhum comentário neste post.

​ ​

Inscreva-se no blog