Confira 4 dicas para fazer o controle de custos da sua empresa

Descubra como otimizar o transporte de funcionários!

Saiba como fazer uma boa gestão financeira e descubra porque é importante controlar gastos na sua organização

Equipes que fazem o controle dos gastos e operam com eficiência podem reduzir até 40% dos custos de uma atividade. Os dados do Benchmarking Global de Finanças 2016, elaborado pela consultoria PwC, reforçam a importância do controle de custo dentro das empresas. 

Além disso, há uma forte correlação entre esse acompanhamento com a vantagem competitiva do negócio. Como aponta o autor e contabilista Júlio César Zanluca, o controle e a redução de desperdícios e excessos geram mais lucratividade para a empresa e garantem sua sobrevivência no mercado

Do contrário, há o mau funcionamento do capital de giro, ineficiência dos investimentos e até mesmo endividamento da empresa. Logo, o controle de custos se torna um indicador crucial para a saúde financeira do empreendimento. Neste artigo, serão mostrados quais são os principais impactos da falta de controle de custos nas empresas e 4 formas para fazer uma gestão mais eficiente.

O controle de custos é fundamental para manter a saúde financeira da empresa.

Impacto do controle de custos na sua empresa

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a maioria das empresas fecha suas portas após cinco anos. O Sebrae fez um estudo sobre esse fenômeno e apontou que as principais causas são:

  • Falta de Planejamento Prévio
  • Falta de uma boa Gestão Empresarial
  • Comportamento do Empreendedor inadequado. 

O levantamento mostrou que, entre os entrevistados, 50% não definiu estratégia para evitar desperdícios, enquanto outros 50% não determinaram o valor do lucro pretendido. Entre aqueles que encerram suas atividades nos primeiros cinco anos, está a falta de capital e lucro. 

Ou seja, são problemas que poderiam ser minimizados com o controle de custos. Segundo o Sebrae, não reconhecer a dinâmica entre custo, faturamento e lucratividade pode levar à falência.

 

Reduza o custo com o transporte de colaboradores da sua empresa

 

Afinal, a falta desse acompanhamento faz com que o empreendedor calcule de forma errada o valor do produto ou serviço oferecido. Isso inclui todas as etapas envolvidas, inclusive fatores externos — como fornecedores e empresas de entrega. Se esses custos não forem contabilizados e incluídos na precificação final, a empresa terá prejuízo. A longo prazo, pode encerrar suas atividades. 

Por fim, a falta de controle de custos faz com que seja impossível planejar a longo prazo. Todos os processos, inclusive os financeiros, precisam oferecer uma visão ampla do negócio. Ou seja: onde investir e quais são as estratégias a serem implementadas. Tal panorama não existe sem o domínio dos gastos.

Dicas para o Controle de Custos

Confira 4 sugestões de como implementar um controle de custos eficiente na sua empresa. 

Acompanhe o capital de giro

Em linhas gerais, capital de giro é o capital necessário para a empresa desempenhar suas atividades do dia a dia. Segundo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o valor deve representar cerca de 50% dos ativos da empresa, mas esse número pode variar de acordo com o tamanho do negócio, o setor em que atua, entre outros.

Manter o capital de giro saudável requer um acompanhamento de perto das finanças. É preciso manter um controle financeiro detalhado e encontrar opções para receber pagamentos antecipados. Em paralelo, o gestor pode melhorar sua relação com os fornecedores para negociar melhores preços e condições de entrega.

Mantenha um bom controle de estoque

O estoque é de extrema importância para os resultados empresariais, impactando todos os outros setores. Problemas na gestão de estoque podem causar falência de empresas, pois ter um estoque organizado e com produtos certos é essencial para evitar o desperdício e aumentar a lucratividade do negócio.

Logo, fazer sua gestão influencia diretamente na saúde financeira do empreendimento. Essa gestão também ajuda no controle de custos, uma vez que ajuda a identificar quais são os produtos que precisam ser repostos e quais ainda estão disponíveis. Do contrário, o gestor pode encomendar mais itens do que o necessário, causando falta de espaço e gastos não planejados.

Cogite adotar um Sistema de Gestão Eletrônico 

Fazer o controle de custos na mão ou usando apenas planilhas pode ser um grande desafio. Não à toa, muitas empresas contratam softwares de gestão focados nesse serviço. Assim, conseguem se organizar melhor financeiramente e saber quais são as áreas que precisam de mais investimento.

 

New call-to-action

 

A Conta azul, GestãoClick e Nibo, por exemplo, são algumas das opções mais populares. Seja qual fornecedor escolher, lembre-se de criar processos que alimentem os dados. Só através da atualização constante das informações é possível fazer um controle de custos eficaz. 

Escolha com cuidado seus fornecedores

Muitos empresários são atraídos pelos baixos preços, pois acreditam que isso é o suficiente para controlar os gastos. No entanto, o ditado “o barato pode sair caro” pode se tornar verdadeiro: é preciso procurar por aqueles com as melhores soluções e custo-benefício. 

Antes de tomar uma decisão, faça uma vasta pesquisa sobre o histórico e confiabilidade do fornecedor. Procure quais são os setores que eles atendem e notícias relacionadas ao negócio. Se possível, converse com clientes para saber se o investimento vale mesmo a pena. 

Controle de Custos vai além do Financeiro

Para muitos gestores, o controle de custos influencia apenas no setor Financeiro. Isso não é verdade. É através desse acompanhamento que é possível planejar os próximos passos da empresa e entender quais são os serviços que mais trazem retorno. 

Assim, é importante envolver todos da empresa e reforçar a importância desse indicador. A saúde financeira da sua empresa, e até mesmo sua sobrevivência no mercado, podem depender disso. 

Por isso, coloque essas dicas em prática e converse com os gestores da sua empresa sobre como melhorar esse controle. Os colaboradores que estão na linha de frente costumam estar mais familiarizados com essa questão e podem oferecer soluções para o problema.

Somos a BusUp. Transporte inteligente para sua empresa economizar até 40% com fretamento.

Gostou? Entre em contato com nossa equipe para mais informações. Calculou, economizou, mudou para a BusUp.

 

Como economizar com o transporte de funcionários

 

Sobre o autor
BusUp

Equipe BusUp

Mais info →

Escreva um comentário

Inscreva-se no blog